Mulheres Cordelistas

*Página em construção e processo de mapeamento. Interessadas, favor enviar seu material (foto e histórico de trabalho) para: redemnemosine@gmail.com


As informações de parte das mulheres cordelistas listadas no início desta página, fazem parte do acervo, pesquisa e notas de Dalinha Catunda, tendo por referência o blog "Cordel de Saia". Demais informações partilhadas na rede, partem do acervo e pesquisas de Josy Maria e Fanka Santos.
 

Dalinha Catunda (CE/RJ)



Filha da cidade Ipueiras(CE), mas que tem o Crato como seu segundo lar, Dalinha Catunda, radicada no estado do Rio de Janeiro é uma das mais influentes cordelistas do Brasil. Articuladora de ações sobre mulheres cordelistas, ela criou no ano de 2010 o blog "Cordel de Saia". (*mais informações em breve)




Ilza Bezerra (PI)




Versos de Ilza Bezerra
Maria das Tiras: uma plural mulher
.
Com aquele ar tão cansado
Pelas ruas vai pensando
Sem temer nenhum perigo
Pra muitos sai semeando
O seu discurso espontâneo
De repente vai cantando:
.
- Que acontecerá comigo
Vivendo neste lugar?
Sei que sou uma cidadã
Mas tropeço ao caminhar
Pois tenho fome de tudo
E estou sempre a lamentar!
.
MARIA ILZA BEZERRA nasceu a 22 de dezembro de 1959, em Fronteiras - Piauí.
Alfabetizada pela sua mãe (costureira), o seu primeiro contato com o mundo
da leitura foi através dos romances de cordel, dentre eles: Iracema, O Macaco
Misterioso, O Pavão Misterioso, Coco Verde e Melancia..., que lia
diariamente para seus pais e vizinhos idosos. Mais tarde descobriu os clássicos
da literatura, como William Shakespeare. É graduada em Letras e Especialista
em Literatura Brasileira, Ensino, Comunicação e Cultura Contadora de histórias, usa o cordel como seu porta-voz. Lançou Tudo é um Momento (poemas),
1998. Foi premiada com A Produção Poética - Projeto Vídeo Escola
Maceió - AL, 1998. Participou do Concurso Nacional de Literatura do Sindicato
dos Escritores de Alagoas-1999. Publicou também “Nas Garras do Gavião”
e “A verdadeira História de Maria das Tiras”, pela editora
Tupynanquim. Essa é terceira edição desse seu primeiro trabalho editado pela
Luzeiro.


Antônia Rodrigues Ferreira (CE) 

O Criador
"A natureza é perfeita
É bela maravilhosa
Deus a criou para nós
Completa bem grandiosa
Uma fauna admirada
E uma flora encantada
Com uma flor que é a rosa."

Antonia Rodrigues Ferreira, natural de Assaré-CE, licenciada em Geografia com especialização em Planejamento Educacional. Atualmente desenvolve em Assaré os projetos: o “Dia Nacional da Poesia”, o “Dia do Folclore” e como admiradora da Cultura Popular visa manter viva uma tradição secular, o “Maneiro Pau” que está à frente como coordenadora. Publicou um DVD “Vivendo e Revivendo a História de Assaré”, em 2009. E lançou uma revista “Eu Amo Assaré”, em 2010. Já publicados 35 cordéis.


Rosa Régis (PB/RN)

MENSAGEM DE AMOR
Vendo a imagem de Cristo coroado
Com os espinhos da maldade humana
E vendo dos seus olhos que emana
O imenso Amor que foi, a nós, doado,
Eu lembro com tristeza que o pecado
É algo muito ruim! E eu conclamo
A todos os irmãos, gritando. E chamo:
- Busquemos, ao invés de guerra, Paz!
- Façamos que o amor que ora jaz,
Ressurja! E ao irmão, diga-se: O AMO!!


***
ROSA RAMOS REGIS DA SILVA (Rosa Regis) – Paraibana, do Sítio Jerimum - Jacaraú-PB, residente em Natal–RN, desde 1966. Graduada em Economia (Bel.) e Filosofia (Lic. e Bel.), pela UFRN, Professora de Filosofia de no Ensino Médio, pela SEEC-RN. Amante da Poesia, especialmente de Literatura de Cordel. É membro da AEPP-Associação dos Poetas Populares do RN; ANLIC-Academia Norte-Riograndense de Literatura de Cordel (Presidente 2011-2014); ATRN-Academia de Trovas do Rio Grande do Norte; POETAS DEL MUNDO; UBE/RN–União Brasileiras de Escritores no RN e  UNICODERN-União dos Cordelistas do Rio Grande do Norte. Primeira colocada: na XIV FESERP 2008; III Prêmio COSERN de Literatura de Cordel - 2009; 1º PRÊMIO SINDSAÚDE-RN – 2009; 2º Prêmio Literário da Academia Caruaruense de Literatura de Cordel – 2010.
Vânia Freitas (CE)






Nome: Maria Vânia Freitas de Alencar Carvalho Frota
Nasc.: 25/8/1948 Cidade: Fortaleza Estado:Ceará
Graduação - Letras pela UECE Pós na área de Administração Pública também pela UECE
Comecei a escrever cordel em janeiro de 2002 e já alguns títulos publicados e dois livros em cordel. Além do cordel faço soneto, poesia livre. Gosto muito de poesia popular. Hoje sou aposentada e nas horas vagas quando não compondo estou pintando.





Josenir Lacerda (CE)





Ivonete Moraes (CE)




Luciana Costa (CE)


 

Josy Maria (CE)






Susana Moraes e o Grupo Cordelândia (PE)


Nenhum comentário:

Postar um comentário